sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Oficina Consciente Coletivo


Oficina Consciente Coletivo
 A Oficina "Consciente Coletivo" ministrada por Vanessa Pipinis, aconteceu no Instituto Mamede em Campo Grande - MS no dia 23 de setembro e contou com a participação de representantes de vários setores da comunidade. Entre os participantes estiveram: Coletivo Jovem de Meio Ambiente do MS, membros do Museu José Antônio Pereira, professores/educadores, coordenadores pedagógicos, ONGs, gestores públicos, gerentes de imobiliárias, gerentes da Caixa Econômica Federal, entre outros importantes parceiros.
Entre os objetivos da oficina  destaca-se a formação de multiplicadores responsáveis pela questão sociombiental, comprometidos com a garantia de melhor qualidade de vida e com a construção de territórios sustentáveis.
Rodada de Apresentações

Interpretando imagens

Identificando-se com as imagens

O Mundo que queremos

O Mundo que queremos

O que podemos fazer...

Tereré com Prosa

Tereré com Prosa

Apresentações do mundo que queremos

Reflexão e Ação

Apresentação do World Café versão Sul Matogrossense "Tereré com Prosa"

Parada para o lanche

Ministrante da Oficina
Apresentação do resultado do Tereré com Prosa

Coletivo Consciente

Flores e Cores no Consciente Coletivo

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Oficina e lançamento de livros com Mauro Guimarães

No dia 13 de outubro educadores ambientais do  Mato Groso do Sul estiveram participando da oficina "Processos Formativos em Educação Ambiental" ministrado pelo Prof. Dr. Mauro Guimarães da UFRRJ. Além do "Tereré comm Prosa"  oficina contou com  lançamento de livros e sessão de autógrafos.
A Oficina que ocorreu no Instituto Mamede propiciou um momento de reflexão sobre os processos formativos da Educação ambiental ao discutir temas como: construção conceitual, crise socioambiental, paradigmas da modernidade, perspectivas críticas da educação Ambiental.
 
Dinâmica "Todo mundo junto ao mesmo tempo agora!"


Preparação e concentração para a dinâmica

Entre livros e autógrafos!!


Entre livros e autógrafos!!
Caminhos da Educação Ambiental

Pensamentos, reflexões e ações na transição
 "caórdica" da Educação Ambiental

Livro  lançado durante o evento

Livro lançado durante o evento




O Prof. Dr. Mauro Guimarães ressaltou que, precisamos enfrentar os desafios e demandas na perspectiva de uma ética ambiental, devemos considerar a complexidade e a integração de saberes. Tendo em vista que a educação ambiental se aproxima e interage com outras dimensões da educação contemporânea,  com seus limites de regeneração e capacidade de suporte – eleitos como balizadores das decisões sociais e reorientadores dos estilos de vida individuais e coletivos.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Formação de Monitores Ambientais do Parque Nacional das Emas

Alvorada e roda de discussão sobre ecologia do Cerrado

Neste primeiro final de semana de setembro, o Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo deu início ao Curso de Formação de Monitores Ambientais do Parque Nacional das Emas, em parceria com a administração do PARNA das Emas, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FUNDTUR), Prefeituras Municipais do entorno do Parque e Associações de Guias e Monitores Ambientais de Costa Rica-MS, de Mineiros-GO, de Chapadão do Céu-GO e de Serranópolis-GO.
O primeiro módulo do curso intitulado “Ecologia do Cerrado” foi ministrado pela bióloga, mestra em ecologia, Maristela Benites, a qual explorou a importância do bioma Cerrado, suas características físicas e biológicas e o alto potencial para o desenvolvimento do Ecoturismo. O curso conta com 15 módulos, oferecidos separadamente, tendo como objetivo habilitar profissionais locais em técnicas de condução de visitantes em ambientes naturais com valorização à biodiversidade do Parque Nacional das Emas e respeito à comunidade local. Os mesmos serão treinados em atividades de educação e interpretação ambiental, geografia, história e cultura local, cartografia e localização geográfica, cooperativismo, elaboração de roteiros turísticos integrados, entre outros, sempre em conformidade ao plano de manejo da unidade de conservação.
O Parque Nacional das Emas (PNE), localizado no Brasil Central, é um dos principais atrativos da Rota Norte de Mato Grosso do Sul. A unidade constitui fronteira de três estados da federação brasileira (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), integra o bioma Cerrado, cujo avanço do processo de degradação encontra-se cada vez mais visível e com perspectivas de futuro seriamente comprometidas. O PNE constitui alguns dos últimos redutos de Cerrado conservado, é Patrimônio Natural da Humanidade e possibilita o pleno exercício do ecoturismo, atividade pouco explorada na região, apesar de toda a riqueza, beleza cênica e peculiaridades naturais oferecidas.
Dessa forma, o curso vem atender à necessidade de formação de condutores habilitados em atrativos naturais para condução de visitantes no PNE, promovendo ainda, conhecimento e reconhecimento de áreas potenciais para o desenvolvimento do turismo de mínimo impacto nos municípios de entorno ao PNE, como alternativa de uso indireto e sustentável dos recursos naturais do Cerrado. Dentre os benefícios gerados estão a capacitação de monitores ambientais para o exercício do ecoturismo de base comunitária, promoção de maior proteção efetiva do Parque, melhoria da experiência do visitante ao PNE, contribuição ao ordenamento do turismo na região, estímulo e fortalecimento da economia local, estímulo à maior visitação ao PNE e aos municípios de entorno e, por fim, a exploração racional e conservação dos recursos naturais do Cerrado.
Este primeiro módulo contou com a participação e contribuição do diretor do Parque Nacional das Emas, Marcos Cunha, do secretário de Turismo e Meio Ambiente de Costa Rica-MS, Wilson Matheus e do servidor técnico da FUNDTUR, Aldo Oliveira. O próximo módulo “Ecoturismo e Atividades Profissionais” está previsto para o primeiro final de semana de outubro. O início do curso de formação de monitores vem marcar o Dia Nacional do Cerrado (11 de setembro) e integra as comemorações dos 50 anos do Parque Nacional das Emas.


Atividade de Campo - Entendendo a ecologia do Cerrado

"Estou iniciando o curso de Monitor Ambiental do Parque Nacional das Emas e o primeiro Módulo Ecologia do Cerrado, superou todas as minhas expectativas, a facilidade em compreender as Fitofisionomias do Cerrado com aulas teóricas e práticas, ministradas de uma forma que deixa bem claro o amor e a competência das Professoras Maristela e Simone, nos apresentando de forma técnica e ao mesmo tempo poética a beleza e importância do Cerrado e do Parque Nacional das Emas. Estou encantada e muito ansiosa para iniciar o próximo módulo. Obrigada Maristela e Simone por essa oportunidade. Parabéns pelo trabalho!!" (Graziele Martins Carneiro Flach)

Atividade de Campo - Reconhecendo as fitofisionomias do Cerrado

Conhecendo as unidades de paisagem do Cerrado

Atividade de Campo - Conhecendo a ecologia do Cerrado

Prática de campo - Quadrante e reconhecimento da fitofisionomia

Identificando a Fitofisionomia Campo cerrado

Rio Formoso - Parque Nacional das Emas

Apresentação dos resultados da atividade de Campo

"Senti minha participação no grupo de monitores (PNE) como uma dádiva de Deus , além do conhecimento que vou adquirir, no decorrer deste, a sensação de bem estar em cada momento se fez presente. O modo como vocês estão conduzindo o curso, trazendo  em cada espaço  o encantamento da literatura brasileira, fez com que não nos cansássemos. Parabéns pela simplicidade com que vocês traduzem as belezas do nosso PARQUE NACIONAL DAS EMAS. Abraços." (Maria Vitória).


Árvore dos Sonhos dos integrantes do curso de Formação de Monitores do Parque Nacional das Emas

Ministrante do Módulo - Ecologia do Cerrado

Instruções na Trilha e análise das fitofisionomias do Cerrado

Instruções
Percurso para identificação das fitofisionomias do Cerrado no PARNA das Emas

Parada para observação do perfil vegetacional das fitofisionomias do Cerrado

Observando a área de campo limpo úmido

Prontos para identificação das fitofisionomias do Cerrado



O Fogo e o Cerrado

O Fogo e o Cerrado 

Parada para análise do papel do fogo na Ecologia do Cerrado

Parada para observação dos tipos de Cerrado

Córrego Buriti Torto - PARNA das Emas

O Cerrado se conhece só por alto (Guimarães Rosa)

Sombra, Teiú, literatura brasileira  e conservação do Cerrado

Embaixo do Tamboril e textos de Rubem Alves

Literatura brasileira e o Cerrado do Parque das Emas nos seus 50 anos de criação!

Unindo literatura e prática de conservação do Cerrado

Apresentação de resultados de trabalho de campo

Unindo teoria e prática
Atividade de Campo

Curso de Formação de Monitores do Parque Nacional das Emas
Integrantes da Formação de Monitores - Módulo Ecologia do Cerrado
Foto: Aldo Oliveira