terça-feira, 14 de agosto de 2012

Formatura dos Monitores Ambientais do Parque Nacional das Emas 2012



Após 11 meses dedicando finais de semana, alunos concluem o II Curso de Formação de Monitores Ambientais do Parque Nacional das Emas. O curso iniciado em setembro de 2011 encerrou no último sábado, 11 de agosto, com tentativa de conciliar o sentimento de etapa concluída e o desejo de eternalizar momentos de encanto, harmonia, aprendizado e comunhão entre pessoas e destas com o ambiente natural. Dentre os mais de 60 participantes que tiveram a oportunidade de passar pelo curso, 30 concluíram com êxito e encontram-se preparados para conduzir o visitante no Parque Nacional das Emas, um dos cenários mais exuberantes de Cerrado conservado do país.


O saldo positivo do curso pode ser resumido em: 
30 monitores habilitados em conduzir visitantes no Parque, com ênfase em “melhorar a qualidade da visita, sempre” por meio do contato com o Cerrado. São 17 novos monitores e 13 que concluíram curso de atualização e renovaram credenciamento junto ao PNE;
ü  integração entre a Unidade de Conservação e o entorno com potencialização da proteção efetiva;
ü  maior integração entre municípios que compartilham a área territorial do PNE especialmente no segmento do ecoturismo;
ü  conhecimento adquirido e intercambiado entre participantes e instrutores de diversas partes do Brasil que compartilharam um pouco de seu conhecimento com os cursistas e estes emprestaram também o conhecimento tradicional e o saber popular acumulados ao longo da história de vida de cada um;
ü  impulso e fortalecimento das associações de guias de turismo e monitores ambientais do entorno do Parque;
ü  implementação gradual e exercício do ecoturismo de base comunitária;
ü  quatro municípios mobilizados diretamente;
ü  incentivo ao exercício do tripé da sustentabilidade constituído pela dimensão social, econômica e ambiental.


É dessa maneira que as Unidades de Conservação podem se afirmar como espaço de participação comunitária e de socialização, o que possibilita maior responsabilidade distribuída entre gestor e comunidade no que tange à proteção do Parque, agrega identidade local e cultural, permite adequada apropriação e o retorno social e econômico da UC à comunidade.

O processo de formação não se restringe somente ao campo da conclusão de um curso, mas remete o grupo ao começo de nova etapa, novo momento, com novos desafios e olhares, principalmente no diz respeito a tornar os territórios aprazíveis e sustentáveis.


Monitores premiados (Nébias, Graziele, Nélio)
Durante o evento foram entregues o Prêmio para os monitores que se destacaram durante o curso. O Prêmio intitulado Lobo-guará, neste ano teve a versão quati, tamanduá-bandeira, valorizando a diversidade do bioma Cerrado.



Estiveram presentes à solenidade o prefeito municipal de Chapadão do Céu-GO, Sr. Paulo Cunha, acompanhado da secretária de turismo e cultura, Sra. Eunice Ficher Nicki, o secretário de turismo e meio ambiente de Costa Rica-MS, prof. Wilson Matheus, o diretor do Parque Nacional das Emas, Sr. Marcos Cunha, e as técnicas da FUNDTUR-MS, Larissa e Cristiane, representando na ocasião, a presidente da Fundação, Nilde Brun.

Gratidão a todos os parceiros que apoiaram e reconheceram a importância do curso: Dona Joana (nossa mestre-cuca!), Marcos Cunha (diretor do Parque), PNE, ICMBio, prefeitura municipal de Costa Rica-MS, prefeitura municipal de Chapadão do Céu-GO, prefeitura municipal de Mineiros, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul-FUNDTUR, Associação de Guias e Monitores Ambientais de Costa Rica-AGMA, Associação de Guias e Monitores de Mineiros (Associação Filhos do Cerrado - AFC), Sociedade Ecológica de Turismo Ambiental de Chapadão do Céu-GO (SETA), a todos os motoristas que dirigiram o carro safari durante as atividades de campo, a todos os ministrantes de disciplinas e temáticas e a todos os alunos que se lançaram a esse desafio e permitiram o sucesso do curso.

A expectativa é manter uma formação continuada através de cursos de especialização nas mais diversas modalidades de ecoturismo e que atendam as demandas e vocação natural do Parque Nacional das Emas. Cursos já previstos são o de Birdwatching e Fotografia de Natureza a serem realizados pelo Instituto Mamede e Parceiros.























Comemorando a Formatura

Momento de confraternização

Embalados pela música-tema dos formandos: Felicidade, de Marcelo Jeneci

Nenhum comentário:

Postar um comentário